Envie-nos o título do artigo pretendido para flow@doctorflow.net

O jantar

1 CLIENTE É 1 CLIENTE

O artigo mostra como usar um pensamento simples e poderoso em problemas que são aparentemente complexos, desde que se aprenda a ver o desperdício.

 

Palavras-chave: Jidoka, Gemba, Gestão Visual.

890 palavras, 2 minutos.

blood-4944424_1280.jpg

CÁLCULO DA DIMENSÃO DA AMOSTRA – PARTE I

O artigo pretende operacionalizar os conceitos do cálculo da dimensão de uma amostra, para dados individuais, mediante dois cenários distintos: o primeiro de quando existe algum conhecimento do processo (dados históricos), e o segundo de quando não existem quaisquer registos.

 

Palavras-chave: erro amostral, média, desvio-padrão. 

1409 palavras, 4 minutos.

photo-1543286386-2e659306cd6c.jpg

CÁLCULO DA DIMENSÃO DA AMOSTRA – PARTE II

O artigo pretende operacionalizar os conceitos do cálculo da dimensão de uma amostra para subgrupos, mediante dois cenários distintos: estimar o desempenho de um processo, tanto para o curto prazo, como para o longo prazo.

 

Palavras-chave: erro amostral, média, desvio-padrão, nível sigma, capabilidade. 

1407 palavras, 4 minutos.

TBLS_edited.jpg

O PENSAMENTO TBLS

O artigo define o problema central das empresas que possuem recursos e departamentos dedicados à melhoria contínua. Várias experiências mostram que os ganhos alcançados ficam longe do prometido. O artigo identifica a principal causa raiz para este problema e avança com uma solução para que ganhos maiores e mais rápidos possam ser alcançados.

 

Palavras-chave: restrição, stresse, TBLS, gestão da melhoria. 

2551palavras, 6 minutos.

meta_edited.jpg

ESTABELECER AS REGRAS-CHAVE DE UM SISTEMA DE MEDIÇÃO

O artigo segue a estrutura da TOC que diz como se pode definir um sistema e a sua meta.

  

878 palavras, 2 minutos.

problem%2520solving_edited_edited.jpg

A NATA EM PROBLEM SOLVING

O artigo mostra a simbiose perfeita entre o raciocínio lógico e a estatística para se chegar, tão depressa quanto possível, à verdadeira causa raiz de um problema de qualidade.

 

Palavras-chave: teste de hipóteses, lógica, seis sigma. 

1579 palavras, 4 minutos.

map_edited_edited_edited.jpg

MAPEAR APENAS O QUE É FUNDAMENTAL

O artigo usa a árvore de objetivos (pré-requisitos) para descrever o conjunto de fatores críticos de sucesso e condições necessárias para o cumprimento da meta. O artigo descreve ainda um modo de validar o sistema de medição (métricas usadas para medir o desempenho) que pretende evitar conflitos entre departamentos e baixos desempenhos.

 

Palavras-chave: árvore de objetivos, sistema de medição, estratégia TBLS. 

1460 palavras, 4 minutos.

cost_edited_edited_edited.jpg

CONTABILIDADE, QUE CONTABILIDADE?

(Eu sei que está um dia cheio de Sol, o que não ajuda a ler a seguinte história real) mas, gestores...façam um favor a vocês mesmos!

Por quanto mais tempo poderemos tolerar este tipo de gestão?

 

Palavras-chave: Contabilidade dos custos, contabilidade dos ganhos.

1791 palavras, 4 minutos.

turbine-590354_1280_edited.jpg

DAS CTQ AO CÁLCULO DO RENDIMENTO GLOBAL

O artigo procura objetivamente explicitar a definição de importantes conceitos usados em qualquer projeto Six Sigma e como, a partir daí, se pode chegar a uma correta caraterização de um processo, produto ou serviço, ao nível do seu desempenho. O artigo assume que o leitor tem pelo menos conhecimentos de Six Sigma ao nível de green belt.

 

Palavras-chave: CTQ, RTY, Six Sigma, Oportunidade. 

2698 palavras, 7 minutos.

Image by Aida L

COMO IDENTIFICAR A ÁREA DA SUA EMPRESA QUE DETÉM A RESTRIÇÃO?

O artigo pretende oferecer uma sistematização e estruturação do pensamento para que, num sistema, a procura da zona que detém a restrição possa ser fiável e em tempo útil. Trata-se de um passo fundamental na estratégia TBLS porque possibilita identificar a zona de alavancagem da empresa e deixar claro onde os projetos futuros deverão ser executados.

 

Palavras-chave: TBLS, restrição, ponto quente. 

2200 palavras, 5 minutos.

checkmated-1995121_1280.jpg

DEFINIR ONDE COLOCAR A RESTRIÇÃO É UMA DECISÃO ESTRATÉGICA

O artigo explora a ideia original de Eli Goldratt, de que a restrição de uma empresa, em termos estratégicos, deve ser interna, se quisermos garantir a execução de uma boa estratégia.

 

Palavras-chave: TOC, restrição

1969 palavras, 5 minutos.

sigma_edited_edited_edited_edited_edited

NÃO EXISTE DESVIO DE 1.5 EM SIX SIGMA

O artigo procura esclarecer o que significa o desvio Z=1.5, a sua origem e de que modo deve ser aplicado. O artigo pressupõe que o leitor tem conhecimentos de Six Sigma ao nível de green belt ou mais.

 

Palavras-chave: nível sigma, CTQ, design de tolerâncias, erro amostral. 

3060 palavras, 8 minutos.

angulo_edited_edited_edited.jpg

O PROCESSO DE ORÇAMENTAÇÃO CONDUZ A ÂNGULOS

REDUZIDOS DE CRESCIMENTO

O artigo mostra que sempre que não estão presentes determinadas condições, o processo de orçamentação deixa de servir o seu propósito. Por sua vez, é exibido o verdadeiro norte da melhoria contínua e como a produtividade ou a rotação do investimento podem ser traduzidos num ‘novo ângulo’ de crescimento.

 

Palavras-chave: TBLS, orçamentação, ângulo de crescimento

1238 palavras, 3 minutos.

dice1.jpg

AS MALDITAS EFICIÊNCIAS – PARTE I

O artigo mostra três cenários distintos nas operações e o impacto que cada um tem no fluxo das mesmas. O artigo mostra ainda que, na vida real, equilibrar as capacidades nas operações – na tentativa de se chegar a eficiências elevadas – é a receita para haver elevadas disrupções ao fluxo, com consequências nefastas tanto no inventário como no próprio throughput da empresa.

 

Palavras-chave: variabilidade, operações, eficiência

2523 palavras, 6 minutos.

dice2.webp

AS MALDITAS EFICIÊNCIAS – PARTE II

O artigo mostra três cenários distintos nas operações e o impacto de cada um no fluxo das mesmas. O artigo corrobora, uma vez mais, que os passos de foco da Teoria das Restrições são um método simples e mais rápido para a obtenção de resultados sonantes.

 

Palavras-chave: variabilidade, operações, eficiência, 5FS, throughput.

2075 palavras, 5 minutos.

sigma.jpg

DESAFIOS NA IMPLEMENTAÇÃO DO SPC EM POPULAÇÕES NÃO NORMAIS

Por vezes, o Black Belt vê-se confrontado, nos seus projetos, com a necessidade de trabalhar com dados que não seguem uma distribuição normal. O propósito deste artigo é mostrar alternativas de como, nesses casos, o obstáculo à utilização das cartas de controlo pode ser ultrapassado.

 

Palavras-chave: SPC, transformação de dados, teorema do limite central.

2291 palavras, 6 minutos.

GOLDEN.jpg

O CÍRCULO DOURADO DA ESTRATÉGIA DE NEGÓCIO (E PENSAMENTO) TBLS

O artigo mostra o propósito para o desenvolvimento de uma nova estratégia de negócio que tem na sua base quatro estratégias independentes: Teoria das Restrições, Oceano Azul, Lean e Six Sigma. O artigo mostra ainda uma visão de helicóptero da estratégia TBLS, como ela funciona e de que modo pode ser sucintamente definida.

 

Palavras-chave: TBLS, teoria das restrições, oceano azul, lean, seis sigma

1825 palavras, 5 minutos.

RISK.webp

A AGREGAÇÃO DO RISCO NA CORRENTE CRÍTICA

O artigo procura cimentar alguns conceitos da agregação do risco, em ambiente de projeto, a partir da estimativa da duração das suas atividades. Especificamente, procura-se balizar o número de atividades críticas que deve existir, desde o planeamento, de modo a que o cumprimento de prazos saia privilegiado, e a derrapagem dos mesmos seja mínima. O artigo assume que o leitor está familiarizado com os conceitos de CCPM.

 

Palavras-chave: CCPM, variabilidade, risco

1349 palavras, 3 minutos.

photo-1477414348463-c0eb7f1359b6.jpg

O CÍRCULO VICIOSO DA «RESISTÊNCIA À MUDANÇA»

O artigo mostra por que razão não é fácil ‘vender’ ideias inovadoras e como é que o processo de influência deve ser estruturado.

 

Palavras-chave: resistência à mudança, TBLS

944 palavras, 2 minutos.

alternative-energy-1042411_1280.webp

PLANEAR CORRETAMENTE UMA EXPERIÊNCIA

Por vezes, o inexperiente Black Belt (e sujeito a pressões da gestão) vê-se confrontado nos seus projetos, com a necessidade de desenvolver um planeamento rudimentar da experiência que se pretende realizar. O propósito deste artigo é mostrar as boas práticas e os pontos a ter em consideração, se quisermos obter um verdadeiro retorno do tempo dedicado à experiência. Tal impedirá que tudo se transforme num verdadeiro desperdício e que a própria equipa saia desmoralizada deste processo.

 

Palavras-chave: planeamento, aleatoriedade, método científico

1783 palavras, 4 minutos.

security-2688911_1280.jpg

O CÓDIGO DAS OPERAÇÕES

O resultado esperado de um conjunto de operações dependentes entre si, quando existe variabilidade, é tudo menos intuitivo ou linear. O artigo procura estender as fronteiras do entendimento, de como as operações realmente funcionam, e que mecanismos estão ao nosso alcance para as melhorar e gerar mais fluxo.

 

Palavras-chave: variabilidade, operações, throughput

5263 palavras, 13 minutos.